Media Training

Media Training

Com mestrado e doutorado voltados para a Comunicação não-verbal na mídia, e com mais de 17 anos de atuação na TV e web, Cláudia Cotes treina empresários, jornalistas e profissionais que precisam atuar diante das câmeras.

O enfoque de seus estudos é a Comunicação não-verbal.
Nas eleições de 2014 fez a análise da Expressividade dos candidatos à Presidência do Brasil, pelo UOL.
Desde 2005 atua como palestrante em Media Training junto com jornalistas, economistas e profissionais de mídia.

O que é?

Media Training é um treinamento que enfoca o conteúdo e a forma de falar bem na mídia brasileira.

Quem ministra o curso?

Jornalistas, fonoaudiólogo e profissionais de áreas específicas, como: economistas e atores.

A quem se destina?

Executivos, porta-vozes de empresas, artistas e profissionais que precisam dar entrevistas em rádios, jornais impressos, TVs ou Web. Pode ser em grupo ou individual.

Tempo do treinamento?

Varia de 4 a 16 horas.

Fonoaudiologia:

Consiste na avaliação + treino (parte teórica e oficinas práticas).

Conteúdo abordado:

  • Comunicação com a mídia: memória, linguagem, entonação, gestos, postura e expressão facial.

Aspectos Abordados:

  • A importância da expressividade na comunicação.
  • A fala e os gestos corporais no uso profissional compondo um estilo, e transmitindo credibilidade.

Objetivo Geral:

Aprofundar o conhecimento e a prática na comunicação mais expressiva.

Objetivos Específicos:

  • a) conscientizar sobre os recursos vocais contidos na prosódia e entonação durante a comunicação verbal;
  • b) corrigir erros de pronúncia e de concordâncias verbal e nominal;
  • c) identificar e avaliar os aspectos vocais e corporais que delimitam o estilo de uma atividade profissional;
  • d) reconhecer e classificar os aspectos da comunicação não-verbal, como: gestos, expressões faciais e posturas sendo estratégias específicas relacionadas com diferentes momentos de comunicação;
  • e) diferenciar a expressão na leitura e na fala;
  • f) praticar técnicas para desenvolver uma fala natural e eficaz;
  • g) ter consciência sobre a relação da comunicação não-verbal e do conteúdo na mensagem.

Programa:

  • Memória;
  • Linguagem escrita e oral;
  • Expressividade da fala e qualidade vocal;
  • Padrões entoacionais, rítmicos e acentuais da língua portuguesa;
  • Uso de ênfases;
  • Estudo das pausas no discurso e efeitos de expressividade;
  • Técnicas fonoaudiológicas no treinamento do profissional da comunicação;
  • Exercícios de dicção;
  • Comunicação não-verbal;
  • Classificação de gestos e posturas;
  • Microexpressões faciais;
  • Co-relação entre voz e corpo.
Mais informações: claudiacotes@uol.com.br
Pró-Fono: www.profono.com.br